IMM-Helio

Hardware:

O hardware, circuitaria, material ou ferramental. É a parte física do computador, ou seja, é o conjunto de componentes electrónicos, circuitos integrados e placas, que se comunicam através de barramentos. Em complemento ao hardware, o software é a parte lógica, ou seja, o conjunto de instruções e dados processados pelos circuitos electrónicos do hardware.

Exemplos de hardware
1. Processador;
2. Motherboard;

Software:

Já que o hardware é parte física do computador, precisamos então ter a parte virtual, podemos fazer uma tipologia para se entender isso: o corpo humano tem a parte física que são músculos e órgãos, o computador tem suas peças, nesta tipologia o corpo precisa de pensamentos para executar suas funções, o software é os "pensamentos" para máquina cumprir suas funções. O Software, que é todos os nossos programas instalados em nosso computador.

Exemplos de software
1.Sitema operacional
2.Ferramentas Office

Von Neumann:

A Arquitectura de von Neumann (de John von Neumann), é uma arquitectura de computador que se caracteriza pela possibilidade de uma máquina digital armazenar seus programas no mesmo espaço de memória que os dados, podendo assim manipular tais programas.

Motherboard

Também conhecida como "placa-mãe", a motherboard é, basicamente, a responsável pela interconexão de todas as peças que formam o computador. O HD, a memória, o teclado, o rato, a placa de vídeo, enfim, praticamente todos os dispositivos, precisam ser conectados à motherboard para formar o computador.

Modelos de motherboard

AT- AT (Advanced technology)
ATX- ATX(Advanced Technology Extended).

Processador

O que é?

O processador é o cérebro do micro, encarregado de processar a maior parte das informações. Ele é também o componente onde são usadas as tecnologias de fabricação mais recentes. O processador é o componente mais complexo e frequentemente o mais caro, mas ele não pode fazer nada sozinho. Como todo cérebro, ele precisa de um corpo, que é formado pelos outros componentes do micro, incluindo memória, HD, placa de vídeo e de rede, monitor, teclado e rato.

Para que serve?

Tem como função, processar e delegar as informações de entrada (digitadas ou requeridas pelo usuário) em dados de saída (informação devidamente processada de acordo com a solicitação do usuário), enviando assim, "ordens" aos demais componentes de hardware.

Cooler

O que é?

Cooler (refrigerador em inglês) na informática é o conjunto de dissipação térmica instalado sobre o processador que é responsável pela diminuição do calor. Consiste basicamente em 2 componentes:
1- Micro ventilador (ventilador de pequena dimensão responsável pelo fluxo de ar). Também conhecido como FAN (ventilador em inglês).
2- Dissipador (peça em cobre ou alumínio responsável pela transferência de calor).
O excesso de calor gerado pelo processador é transferido para o dissipador, este recebe directamente o ar ambiente impulsionado pela ventoinha que mantém num processo contínuo a baixa temperatura, essencial para o funcionamento adequado do processador.

Para que serve?
Tem a função de reduzir o calor gerado pelos componentes da máquina, principalmente o produzido pelo próprio processador. Ou seja, é o responsável por "refrescar o computador".

Disco rígido

Disco rígido ou disco duro, no Brasil popularmente chamado também de HD (derivação de HDD do inglês hard disk drive) ou winchester (termo em desuso), "memória de massa" ou ainda de "memória secundária" é a parte do computador onde são armazenados os dados. O disco rígido é uma memória não-volátil, ou seja, as informações não são perdidas quando o computador é desligado, sendo considerado o principal meio de armazenamento de dados em massa. Por ser uma memória não-volátil, é um sistema necessário para se ter um meio de executar novamente programas e carregar arquivos contendo os dados inseridos anteriormente quando ligamos o computador. Nos sistemas operativos mais recentes, ele é também utilizado para expandir a memória RAM, através da gestão de memória virtual. Existem vários tipos de discos rígidos diferentes: IDE/ATA, Serial ATA, SCSI, Fibre channel, SAS, SSD.

Drives

Drive é um neologismo importado do inglês que refere-se a uma unidade de armazenamento ou de leitura de dados, pertencente ao hardware de um computador.

Memórias:

RAM

Memória de acesso aleatório (do inglês Random Access Memory, frequentemente abreviado para RAM) é um tipo de memória que permite a leitura e a escrita, utilizada como memória primária em sistemas electrónicos digitais. O termo acesso aleatório identifica a capacidade de acesso a qualquer posição em qualquer momento, por oposição ao acesso sequencial, imposto por alguns dispositivos de armazenamento, como fitas magnéticas

ROM

O nome memória ROM (Read-Only Memory) é usado actualmente para referir-se a uma grande variedade de tipos de memória.
A ROM um tipo de memória que permite apenas a leitura, ou seja, seu conteúdo só pode ser lido, não pode ser gravado nem modificado, é gravado uma única vez, que foi durante sua fabricação.

O que é um chipset?

O chipset é um dos principais componentes lógicos de uma placa-mãe, dividindo-se entre ponte norte e ponte sul.

Quais as suas funções?

A ponte norte faz a comunicação do processador com as memórias, e em alguns casos com os barramentos de alta velocidade AGP e PCI Express. Já a ponte sul, abriga os controladores de HDs (ATA/IDE e SATA), portas USB, paralela, PS/2, serial, os barramentos PCI e ISA, que já não é usado mais em placas-mãe modernas.

O que é que a northbridge controla?

O northbridge geralmente lida com a comunicação entre a UCP, memória RAM, AGP ou PCI Express e o southbridge.

O que é que o southbridge controla?

O southbridge pode ser geralmente diferenciado do northbridge por não estar diretamente conectado à UCP. Em vez disso, o northbridge liga o southbridge à UCP.

300px-Schema_chipsatz.png

Disco Rígido

Disco Rígido é um sistema de armazenamento de alta capacidade, que por não ser volátil, é destinado ao armazenamento de arquivos e programas.

Tipos de Disco Rígido

IDE/ATA

images?q=tbn:ANd9GcSuoEj6VGM8fb4PdjAaCPbKvMI6plo2NSRHkMPr7BCGuJFnvQKDHg

SATA

images?q=tbn:ANd9GcSrJujdOaoQrWYeo_u3qnNUhB5N6AJ2dVS49btG16vkOUQ1uy0fIQ

SSD

images?q=tbn:ANd9GcTag0RiqfOXgHJcjf6Lk5xaJSbiIwaI6gOZEOd_HyRYXjOuBZxe

Bus ou Barramento

Barramento é um conjunto de linhas de comunicação que permitem a interligação entre dispositivos, como a CPU, a memória e outros periféricos.

Para que serve:

Barramento de dados

São os condutores por onde circulam os dados que o processador vai buscar à memória RAM ou aos dispositivos de I/O.

Barramento de endereço

O acesso aos dados que a CPU necessita é feito pelo envio dos endereços das posições de memória ou de dispositivos de I/O onde eles se encontram. Esses endereços circulam neste barramento.

Barramento de controlo

Existem sinais eléctricos que controlam os dispositivos electrónicos para que o sistema possa ler/escrever os dados. Esses sinais viajam neste barramento.

Estrela Hierárquica

Esta topologia é baseada em hubs ou dispositivos de ligações, os quais permitem uma estruturação hierárquica de varias redes ou sub-redes.
Este tipo de rede é muito utilizada visto que permite, com grande facilidade e flexibilidade, a expansão de das redes ou de interligações de novas redes e ainda assegura o bom funcionamento e gestão do conjunto de redes assim interligadas.
images?q=tbn:ANd9GcQf4_88MmZNLZ917om1IuAhTsOkr8itbxeVUfA2g-rBRwOvJOmj

Espinha dorsal

Caracteriza-se pela existência de um cabo que desempenha o papel de backbone ou espinha dorsal isto é, um cabo normalmente de elevado desempenho que cobre uma determinada área, mais ou menos extensa, ao qual se ligam diversas redes ou sub redes, através de dispisitivos de interligação.
images?q=tbn:ANd9GcTPRRIwEDT8R5tBvhhTMoYQb0M66kQZuEMh4WhZFzpAsO5Amacvbw

Avarias nos Pc's e bips

Erros BIOS AMI

1 Bip longo Falha no Refresh (refresh Failure) : O circuito de refresh da placa mãe está com problemas, isto pode ser causado por danos na placa mãe ou falhas nos módulos de memória RAM.

2 bips curtos Falha Geral: Não foi possível iniciar o computador. Este problema é causado por uma falha grave em algum componente, que o BIOS não foi capaz de identificar. Em geral o problema é na placa mãe ou nos módulos de memória.

2 Bips longos Erro de paridade: Durante o POST, foi detectado um erro de paridade na memória RAM. Este problema pode ser tanto nos módulos de memória quanto nos próprios circuitos de paridade. Para determinar a causa do problema, basta fazer um teste com outros pentes de memória. Caso esteja utilizando pentes de memória sem o Bit de paridade você deve desativar a opção “Parity Check” encontrada no Setup.

3 Bips longos Falha nos primeiros 64 KB da memória RAM (Base 64k memory failure) > Foi detectado um problema grave nos primeiros 64 KB da memória RAM. Isto pode ser causado por um defeito nas memórias ou na própria placa mãe. Outra possibilidade é o problema estar sendo causado por um simples mal contato. Experimente antes de mais nada retirar os pentes de memória, limpar seus contatos usando uma borracha de vinil (aquelas borrachas plásticas de escola) e recoloca-los com cuidado.

4 Bips Longos Timer não operacional: O Timer 1 não está operacional ou não está conseguindo encontrar a memória RAM. O problema pode estar na placa mãe (mais provável) ou nos módulos de memória.

5 Bips Erro no processador O processador está danificado, ou mal encaixado. Verifique se o processador está bem encaixado, e se por descuido você não esqueceu de baixar a alavanca do soquete Zif.

6 Bips Falha no Gate 20 (8042 - Gate A20 failure): O gate 20 é um sinal gerado pelo chip 8042, responsável por colocar o processador em modo protegido. Neste caso, o problema poderia ser algum dano no processador ou mesmo problemas relacionados com o chip 8042 localizado na placa mãe

7 Bips Processor exception (interrupt error): O processador gerou uma interrupção de exceção. Significa que o processador está apresentando um comportamento errático. Isso acontece às vezes no caso de um overclock mal sucedido. Se o problema for persistente, experimente baixar a freqüência de operação do processador. Caso não dê certo, considere uma troca.

8 Bips Erro na memória da placa de vídeo (display memory error) : Problemas com a placa de vídeo, que podem estar sendo causados também por mal contato. Experimente, como no caso das memórias, retirar a placa de vídeo, passar borracha em seus contatos e recolocar cuidadosamente no slot. Caso não resolva, provavelmente a placa de vídeo está danificada.

9 Bips Erro na memória ROM (rom checksum error): Problemas com a memória Flash, onde está gravado o BIOS. Isto pode ser causado por um dano físico no chip do BIOS, por um upgrade de BIOS mal sucedido ou mesmo pela ação de um vírus da linhagem do Chernobil.

10 Bips Falha no CMOS shutdown register (CMOS shutdown register error): O chamado de shutdown register enviado pelo CMOS apresentou erro. Este problema é causado por algum defeito no CMOS. Nesse caso será um problema físico do chip, não restando outra opção senão trocar a placa mãe.

11 Bips Problemas com a memória cache (cache memory bad): Foi detectado um erro na memória cache. Geralmente quando isso acontece, o BIOS consegue inicializar o sistema normalmente, desabilitando a memória cache. Mas, claro, isso não é desejável, pois deteriora muito o desempenho do sistema. Uma coisa a ser tentada é entrar no Setup e aumentar os tempos de espera da memória cache. Muitas vezes com esse “refresco” conseguimos que ela volte a funcionar normalmente.

Software Aplicacional

Corresponde às aplicações que o utilizador pretende dar ao computador, e.g. processamento de texto, gestão de dados, entretenimento, etc..

MST077-05769.jpg

Software de Sistema

Software de sistema é um termo genérico referente aos programas de computador usados para iniciar e executar redes e sistemas de computador. Software de sistema contrasta com Software aplicativo que é a designação geral de programas de computador para realizar tarefas do utilizador. Software aplicativo podem possuir propósito geral (processamento de textos, navegadores de rede …) ou específico (contabilidade, controle de carga, …) e ferramentas de programação, como compiladores e ligadores, utilizados para traduzir e combinar código-fonte e bibliotecas em programas executáveis (programas que vão pertencer a uma destas categorias).

linux_gnome.jpg